top of page
  • Foto do escritorClarissa Motta

Glasgow em um dia

Um pedaço da Escócia em 06 horas. Peguei um voo de Dublin em direção a Glasgow. Assim que cheguei no Glasgow Airport me deparei com um posto de informação onde era possível comprar o ticket de ônibus que ligava o aeroporto ao Buchanan Bus Station. Comprei um Adult Citilink passaporte que me deu direito a ida -> volta (Buchanan Bus Station -> Glasgow Airport) + ida -> volta (Buchanan Bus Station -> Edinburgh Bus Station).



Como eu só tinha um dia em Glasgow, sai da estação de ônibus em direção ao West End e caminhei até a University of Glasgow, uma estrutura exuberante fundada em 1451. Se você tiver tempo, vale a pena passear pelo enorme Kelvin Park e apreciar as flores, árvores, patinhos, o Rio Kelvin e mais.


Segui para o Main Gate até a rua Kelvin Way, em direção ao Museu Kelvingrove, onde a principal atração é a instalação da Sophy Cave, as “Floating Heads”.

Do museu, desci a Byres Road até chegar na Ashton Lane, uma rua hiper charmosa que havia sido recomendada em alguns blogs de viagens. A rua é realmente uma fofura, mas a maior parte dos bares e restaurantes abrem a partir das 06pm. Para quem está em busca de um bom almoço, não vai encontrar nada por lá, porém, quem está em busca de uma baladinha, essa é a indicação perfeita.

Como já estava na hora do almoço, continuei seguindo a Byres Road até encontrar um restaurante dentro de uma igreja, chamado Oran Mor. A curiosidade falou mais alto e resolvi parar por lá: o local é incrível e conta com um Victorian Bar, além de espaço para shows. Vale a visita, a comida e provar a cerveja Tennent’s Whisky Oak.

Atravessando a rua está o Glasgow Botanic Garden, entrei rapidamente no mesmo por conta da chuva pesada que havia começado por lá.


De lá, segui para a estação de ônibus com destino à Edinburgh.



Comments


bottom of page