top of page
  • Foto do escritorClarissa Motta

Museu Picasso, Málaga

Amei conhecer o desenvolvimento dele como pintor! Picasso nasceu em Málaga e é isso que torna a visita ao museu ainda mais especial. O museu abre a partir das 10h e fecha em horários diferentes ao longo do ano. Confira os horários e tarifas antes de agendar a sua visita.


De acentuado acento cronológico, a nova apresentação revela a extensão do trabalho do artista ao longo do tempo, bem como a versatilidade intrínseca de sua obra e a natureza cíclica de sua pesquisa artística, focalizando sua constante vocação para explorar as possibilidades expressivas de qualquer suporte. Como não. é permitido tirar fotos das obras, eu me contive em tirar fotos dos textos que mostram como o pintor se desenvolveu ao longo dos anos e compartilho os trechos da história que mais chamaram a minha atenção:


1. El retrato como despejo (1906-1907) – Depois da visita à Gósol, Picasso passou a revisar toda a estética do seu trabalho, incorporando o que aprendeu através das culturas não europeias. Foi precisamente este quadro que levou Braque a aproximar-se de Picasso e, em quatro anos, ambos trabalharam juntos, elaborando o novo estilo conhecido como Cubismo.


2- La aventura del cubismo (1908-1914) – Braque e Picasso inventaram o cubismo, o estilo caracterizado pela representação simultânea de um único objeto através de ângulos diferentes.

3- El inconsciente y la escultura – Embora Picasso nunca tenha oficialmente entrado no movimento surrealista, ele incorporou alguns elementos em suas obras, principalmente as figuras transformadas e distorcidas.


4- Mujeres, musas y máscaras – Picasso reinventou o retrato capturando não só a imagem das modelos, mas também o sentimento que as mulheres inspiravam nele. A simetria do rosto sublinha a importância da máscara como representação primitiva do humano.


5- Transformando la materia – Picasso sempre adicionada novos materiais e técnicas ao seu trabalho, como a colagem, esculturas recicladas, cerâmica, metal e cimento. Em 1946, Picasso e Françoise Gilot visitaram Madoura e foi nesse período que o artista começou a usar cerâmica em suas obras. Uma obra que me chamou muita atenção foi a “Flautista con flauta doble” feita em cerâmica branca. Não encontrei uma imagem na internet, apenas o esboço da mesma.

6- Dibujar como um niño – Quando Picasso chegou aos 80 anos ele começou uma série de retratos e rostos com traços simplistas e cores, como desenhos de criança.

Gostou? Confira a história cronológica completa através desse link e não deixe de visitar o local!




O que não pode deixar de conhecer na Espanha?

Comments


bottom of page